Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Emprego & Empreendedorismo

"Trabalho é amor tornado visível." - Khalil Gibran, filósofo/poeta libanês

publicidade
11.05.18

Ação de Formação lança desafio para a criação do Doce Cabeceirense


helena margarida

Município de Cabeceiras de Basto

Enquadrada no âmbito do programa cultural ‘Mosteiro de Emoções” encontra-se a decorrer em Cabeceiras de Basto uma ação de formação de Pastelaria Conventual com o propósito de preparar as formadas para a participação no concurso de criação do Doce Cabeceirense que será lançado no 2º semestre deste ano. O regulamento está já em preparação para já a única certeza é que na futura ementa do doce será condição obrigatória a utilização de um ou mais produtos desta terra de Basto.

O Concurso Criativo para adaptação e/ou invenção de um Doce Cabeceirense que terminará no final de maio de 2019, será desenvolvido sob o comissariado de um crítico gastronómico e jornalista, este concurso contará com a colaboração da Escola de Hotelaria e Turismo do Porto/ Turismo de Portugal, da Escola Profissional Amar Terra Verde, bem como do IEFP.

Esta iniciativa pretende aliar a memória de uma alimentação de afetos ao uso dos produtos da terra, reforçando e valorizando o que se fazia no núcleo familiar, principalmente pelos avós. Pretende-se igualmente incentivar a inovação das pastelarias cabeceirenses bem como sensibilizar os agentes económicos e a população para a importância estratégica dos produtos endógenos, em especial o codorno, o mel, as ervas aromáticas, o vinho verde, as frutas e seus derivados, no contexto do desenvolvimento do território de Cabeceiras de Basto.

A ação de formação tem inscritas 23 formandas que terão oportunidade de aprender com alguns convidados especiais, Chefs e Mestres Pasteleiros.