Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E&E

As novidades de emprego e emprendedorismo num só blogue...

"Alcançar o Interior" dia 8 de junho em Proença-a-Nova

Divulgação

O Turismo e o Empreendedorismo vão estar em debate na Conferência Alcançar o Interior que levará no próximo dia 8 de junho a Proença-a-Nova profissionais das duas áreas, assim como serão convidados os empreendedores locais que todos os dias trabalham em prol da economia e do turismo do concelho. Inserida no programa da Festa do Município, cujo temática se foca precisamente nestes dois temas, esta conferência pretende incentivar o empreendedorismo no turismo, por ser um concelho que dispõe de um conjunto de praias fluviais reconhecidas a nível nacional, percursos pedestres homologados, com destaque para a GR39 – Grande Rota da Cortiçada, condições para a prática de desportos radicais e de natureza - como a escalada, btt, todo o terreno, paraquedismo, caça e pesca, aliadas a uma gastronomia genuína, condições excelentes para criar oportunidades de negócio e atrair diferentes públicos. “As características naturais que o nosso concelho apresenta e os nossos recursos endógenos, além de nos tornar genuínos, podem representar uma oportunidade para o turismo crescer, assente na criação de novos negócios que além de gerar riqueza e de criar condições de atratividade para o nosso território, ajuda a fixar pessoas no interior, contrariando o despovoamento”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, acrescentando que “esta conferência pretende por isso trazer profissionais que nos trarão boas práticas ao nível do turismo, mas também mostrar as ferramentas para capacitar os nossos a avançarem e a desenvolverem os seus negócios no sítio certo”, conclui.

Na área do empreendedorismo, o primeiro painel será composto pela Incubadora DNA Cascais, a Startup Portugal e as empresas do concelho Outsystms e a Proentia. No turismo, Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRSP) fará uma apresentação sobre o programa Quality e a Unidade de Missão para a Valorização do Interior falará sobre a “A importância do turismo no desenvolvimento do Interior”. Este painel contará ainda com a presença de um representante dos Passadiços do Paiva e as empresas do concelho Horizontes e Casa Ti Augusta. Na ocasião será lançada também a aplicação para smartphones Visit Proença, que reunirá toda a informação turística do concelho, os melhores roteiros, alojamentos e restaurantes.

Esta conferência encerrará com as apresentações dos oradores Fernando Simões sobre "Concretizar ideias", gerindo projeto e André Leonardo com o tema "Faz Acontecer", dois reconhecidos profissionais na área do empreendedorismo em Portugal.

A entrada é livre para quem quiser participar, mas com inscrição obrigatória até 4 de junho através do e-mail gimprensa@cm-proencanova.pt ou 274670000.

publicidade

Seminário "Concurso de Ideias" no Museu de Alberto Sampaio em Guimarães

Divulgação

As propostas vencedoras do "Concurso de Ideias" para o território de Guimarães serão conhecidas em seminário.

O Júri do “Concurso de Ideias para o Território de Guimarães”, constituído por Jorge Cristino, representante político da CMG, Rita Salgado, representante técnica da CMG e Isabel Loureiro, representante da UM, já escolheu a propostas vencedoras nos níveis de participação Reflexão, Ideia e Intervenção. Os vencedores foram, respetivamente, Pedro Santos, com “Reflexão propositiva sobre o Município de Guimarães”, Filipa Pereira, com “Implantação da realidade aumentada na PR3 GMR”, e Ana Isabel Silva, com “Museu Aberto de Couros”.

A entrega de prémios e sessão de encerramento está marcada para o dia 9 junho, no Seminário “Concurso de Ideias”, com início marcado para as 9h00, na Extensão do Museu de Alberto Sampaio.

publicidade

Maratona Tecnológica CityHack de volta a Tomar

Divulgação

O Complexo da Levada, em Tomar, recebe a segunda edição do CityHack, nos próximos dias 2 e 3 de junho, uma maratona tecnológica de 24 horas, promovido pelo Instituto Politécnico de Tomar (IPT) e pelo Município de Tomar.

"Um evento que consegue juntar em Tomar estudantes de ensino superior, oriundos das mais variadas zonas do país tendo como foco a procura de soluções para problemas concretos, sendo de realçar as inúmeras empresas e entidades que se quiseram associar a este evento, reflexo do patamar de qualidade em que foi colocado” considera Eugénio Pina de Almeida, presidente do Instituto Politécnico de Tomar.
A iniciativa desafia os jovens a encontrar soluções e respostas tecnológicas para problemas reais no sentido de melhorar a qualidade de vida nas cidades, em áreas como: Saúde&Bem-Estar; Turismo&Cultura. Mobilidade, Eficiência Energética, Economia Local, Associativismo e Ação Social. Podem candidatar-se equipas de 3 a 5 elementos, que sejam alunos de Universidades e Institutos Politécnicos nacionais, em que pelo menos dois sejam oriundos de áreas tecnológicas. A equipa poderá incluir um elemento que não frequente o ensino superior.
As soluções apresentadas pelas equipas que serão sempre apoiadas por mentores, profissionais especialistas nas respetivas temáticas, serão avaliadas por um júri que irá analisar a integridade, eficiência, eficácia e a qualidade do projeto. As equipas vencedoras irão receber prémios monetários no valor de 3500€ bem como diversos prémios oferecidos por alguns dos patrocinadores desta edição.
A edição deste ano conta com o apoio de empresas e entidades como a Critical Software, Noesis, Outsystems, SoftInsa, Santander Totta, Compta, Extreme, Maxicópia, Tagus Valley, Bons Sons, Next Solution e Tuk Lovers.
No plano da responsabilidade social, a comissão organizadora deste Hackaton, alunos do curso de mestrado em Engenharia Informática - Internet das Coisas do IPT, associou-se à Cáritas de Tomar, para uma campanha de recolha de alimentos, em que todos os participantes do City Hack serão convidados a participar.
Inscrições abertas até ao dia 27 de maio.

publicidade

Município de Bragança disponibiliza 280 mil euros para Orçamento Participativo 2019

dmitry-ratushny-412448-unsplash.jpg

O Município de Bragança reforçou a verba destinada ao Orçamento Participativo (OP) que de 265 mil euros (na edição de 2018) passará para 280 mil euros no OP 2019, representando um aumento de 5,66%.

Na sua quarta edição, o projeto apresenta como principal novidade o facto de se dividir em Orçamento Participativo Rural (OP Geral e OP Jovem) e Orçamento Participativo Urbano (OP Geral e OP Jovem, que abrange territorialmente a União das Freguesias de Sé, Santa Maria e Meixedo, e Freguesia de Samil), sendo o único OP implementado em Portugal que está desagregado em Rural e Urbano.

Uma medida do Executivo Municipal que visa promover a coesão territorial.

Para o Orçamento Participativo Rural estão destinados 140 mil euros. 90 mil euros para o OP Geral e 50 mil euros para o OP Jovem. Ao Orçamento Participativo Urbano caberá um montante de 140 mil euros. 90 mil euros para o OP Geral e 50 mil euros para o OP Jovem.

As Inscrições no Orçamento Participativo decorrem até ao dia 30 de setembro, no portal do município. Seguir-se-á a análise técnica das propostas entre o dia 1 e 15 de julho, dia em que será publicada a lista provisória de projetos. De 15 de julho a 25 decorrerá o período de reclamações e a votação dos projetos pelos cidadãos irá realizar-se entre o dia 1 de agosto e 30 de setembro. A apresentação pública dos projetos vencedores acontecerá em outubro.

publicidade

“Water4life” vence Concurso Municipal de Ideias de Negócio do concelho de Nelas

Município de Nelas

“Water4life” de Daniela Matias e João Moura do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim, foi a ideia vencedora do Concurso Municipal de Ideias de Negócio. A cerimónia decorreu nos Edifício Multiusos de Nelas, no âmbito da 7ª edição das "Escolas Empreendedoras da CIM Viseu Dão Lafões". Este projeto vencedor, que passa pelo desenvolvimento de uma App que controle o consumo de água doméstica, irá representar os alunos do Concelho de Nelas na final do Concurso Intermunicipal de Ideias, no próximo dia 30 de maio, em Viseu.

Entre as 10 ideias apresentadas pelos alunos dos Agrupamentos de Escolas de Nelas e de Canas de Senhorim, estiveram vários projetos, tendo o júri deliberado para segundo e terceiro lugar, o projeto “TrumblerSenior” de Miguel Romão e Marco Pereira e o projeto “GreenForetsCare” de Carlos Pereira, Beatriz Santos e Francisca Polónio, respetivamente, do Agrupamento de Escolas de Nelas.

Aos concorrentes vencedores, a Câmara Municipal ofereceu um cartão oferta da FNAC.

Durante a deliberação do júri, o público assistiu a um momento musical com o Grupo de Cordas e o Quarteto de Trompas da Escola Municipal de Música.

publicidade

Pág. 1/3