Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E&E

As novidades de emprego e emprendedorismo num só blogue...

Conferência Internacional sobre Arquitetura e Economia Circular em Portugal faz-se no Porta da Construção Sustentável

Divulgação

No dia 18 de maio, no âmbito da Feira Tektónica, o Portal da Construção Sustentável (PCS), organiza a primeira Conferência Internacional sobre Arquitetura e Economia Circular em Portugal e dá mais um passo na divulgação e sensibilização para uma arquitetura baseada num modelo de economia circular.

Esta conferência tem o apoio do Fundo Ambiental, no âmbito de uma candidatura a projetos de economia circular, e da Quercus, como especialista na área de gestão de resíduos.

Pretende com este encontro, de onde farão parte especialistas, que são referências nacionais e internacionais, ligados a uma construção mais sustentável, promover o debate necessário num modelo nunca implementado.

Durante a manhã, numa sessão mais teórica farão parte, entre outros, dois arquitetos de renome internacional; Chris Maurer, americano, que desenvolveu um modelo de reaproveitamento de resíduos de construção e demolição para produção de tijolos aglomerados com matéria orgânica e o espanhol, Albert Cuchi, que dedicou toda a sua vida à investigação científica na área de ecomateriais para a construção. A moderar o debate estará o professor Manuel Correia Guedes do IST, doutorado em Arquitetura Sustentável.

De tarde, debater-se-ão em duas mesas redondas, grandes temas da atualidade: “Sustentabilidade aplicada aos materiais de construção” e “Gestão de resíduos especiais na construção, incluindo o amianto” com a intervenção do professor catedrático Jorge de Brito do IST e Dra. Climénia Silva da Valorpneu.

A Economia Circular aplicada aos projetos de arquitetura, construção e demolição de edifícios “já não é uma opção, é uma necessidade emergente”, considera a organização da conferência em comunicado. O setor da construção é o terceiro maior consumidor de energia, responsável por consumir cerca de 50% de novos recursos e pela geração de mais de 40% de todos os resíduos. “Sendo que os resíduos de construção e demolição (RCD) têm um potencial de reutilização enorme”, consideram.

Atento a esta necessidade, encontra-se o PCS a desenvolver um modelo de “Implementação de projetos de desconstrução seletiva” como uma oportunidade de se atuar no processo de comercialização de produtos e serviços no âmbito da desconstrução de edifícios, numa perspetiva de economia circular, que será também apresentado na conferência.

Este encontro tem como objetivo final, demonstrar aos agentes envolvidos que a desconstrução seletiva de edifícios e a reutilização de materiais, é uma mais-valia económica, social e ambiental.

Inscrições

O Portal da Construção Sustentável (PCS) surgiu em 2010, numa fase em que o excesso de construção já era uma realidade incontornável e a necessidade de qualidade na construção cada vez mais imperativa, não só pelas questões ambientais, mas também sociais, tendo como objetivo primordial ajudar o setor da construção a evoluir de forma mais sustentável. Foi criado pela BONGREEN, LDA que é uma empresa de consultoria, formação e arquitetura que se dedica, fundamentalmente, à promoção e divulgação de informação na área da construção sustentável, sendo também responsável pela elaboração de projetos de arquitetura que se traduzam em edifícios menos poluentes, com elevada eficiência energética, escolha cuidada de materiais e produtos mais amigos do ambiente que contribuam inclusivamente para a minimização da produção de resíduos.

As ações que a empresa desenvolve de divulgação de informação e promoção de materiais para a construção e soluções que contribuem para o desenvolvimento mais sustentável do setor da construção, são realizadas através da sua plataforma na internet.

publicidade